ACTIVIDADE DOCENTE 2010/11

- Professor Auxiliar a tempo integral da Universidade Lusíada de Lisboa - cadeiras de: Organizações Criminosas (2º. Semestre do 2º. ano) e Terrorismo (1º. Semestre do 3º. ano), ambas da Licenciatura em Políticas de Segurança.

- Professor Auxiliar (a tempo parcial) da Universidade Lusíada do Porto, onde leciona a cadeira "Criminalística e Investigação Criminal, na Licenciatura em Criminologia (1º Semestre 2º ano).

- Professor Auxiliar Convidado (a tempo parcial) do ISCS/EM- Instituto Superior de Ciências da Saúde "Egas Moniz" (Monte da Caparica), na Licenciatura de Ciências Forenses e Criminais. Regente da Cadeira de “Análise da Cena do Crime II” (1º. ano - 2º. Semestre), onde lecciona o módulo de Criminalística. Membro do Conselho Científico da respectiva Licenciatura e da Comissão de Ética do referido Instituto.

- Co-coordenador de uma das Unidades Curriculares e Professor das cadeiras de Terrorismo/Violência Religiosa (9 de Novembro de 2010) e de Criminalista/Polícia Científica (15 de Março de 2011) do 7º. Curso de Mestrado em Direito e Segurança, organizado pela Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa.

- Professor da cadeira "Tolerância e intolerância étnica, religiosa e social" do Mestrado "Segurança, Defesa e Resolução de Conflitos" e da cadeira de Laboratório de Policia Cientifica da pós-graduação em criminologia, ambas no ISCIA (Aveiro) -. Membro do respectivo Conselho Técnico-Científico.

 

 

A Alquimia, os novos alquimistas e as novas espiritualidades



Um Outro Olhar - A Face Esotérica da Cultura Portuguesa

Fernando Pessoa e os Mundo Esotéricos
3ºEdição


Os Jardins Iniciáticos da Quinta da Regaleira

 

CV Resumido 
(actualizada em Agosto de 2010)

José Manuel Morais Anes, nasceu em Lisboa em 1944, é divorciado, pai de uma filha e reside actualmente na Costa da Caparica.

Fez o Serviço Militar obrigatório, como Oficial Miliciano,  de 1967 a 1970 (Mafra, último trimestre de 1967, Vendas Novas , primeiro semestre de 1968, RALIS – Regimento de Artilharia de Lisboa, terceiro trimestre de 1968), tendo sido mobilizado para Angola  de Outubro de 1968 a Outubro de 1970, onde foi Oficial de Acção Psicológica no Destacamento de Foto-cine e depois na 5ª. Repartição do Quartel General da RMA - Região Militar de Angola, tendo sido o responsávelpelo “Jornal da RMA”. É desde a sua desmobilização, Tenente Miliciano na disponibilidade.

É Bacharel em Química e Licenciado em Química (Ramo científico de Química-Física), pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, respectivamente em 1973 e 1975, tendo concluído a Licenciatura com a média de 15 valores. Foi colaborador de investigações no Centro de Química-Física e Radioquímica do (antigo) Instituto de Alta Cultura, de 1973 a 1976 tendo tido uma Bolsa do Governo espanhol para uma Pósgraduação em Madrid em 1977/78, na Faculdade de Ciências da Universidade Complutense e no Instituto de Química-Física Rocasolano” do “Instituto Superior de Investigaciones Científicas”.

Foi Assistente da Cadeira de Biomatemática na Faculdade de Medicina de Lisboa (Hospital de Santa Maria) em 1976/77 tendo tido equiparação a Bolseiro em 1977/78 para a pósgraduação acima referida.
Foi, de 1978 a 1997, Perito Superior de Criminalística do Laboratório de Polícia Científica da Polícia Judiciária, tendo estagiado em Jerusalém, em 1986, no Laboratório da Polícia Nacional de Israel e tendo estado presente em vários estágios e congressos na área da Polícia Científica (Análise de vestígios e Análise de Esplosivos) em Israel, Alemanha, França e Inglaterra. Foi Coordenador de duas Comissões de Peritos da Assembleia da República, sobre o “Caso Camarate”. Introduziu no LPC/PJ a Microanálise de Raios X e o Microscópio Electrónico de Varrimento.
Foi Assistente convidado da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, de 1986/7 a 2004/5, tendo leccionado as Cadeiras de Matemática para as Ciências Sociais e Humanas, Estatística e Métodos Quantitativos nos Departamentos de Antropologia, Ciência Política e Relações Internacionais e História.
Leccionou ainda, nos últimos destes anos, a Cadeira de Antropologia da Religião no Departamento de Antropologia daquela Faculdade. É membro da “European Society for the Study of Western Esotericism” (presidido pelos Profs. Wouter Hanegraaff e Antoine Faivre) e apresentou uma comunicação (relacionada com o seu trabalho de Doutoramento) e moderou uma das mesas (sobre a religião na Ásia Central) no Congresso Internacional sobre Novas Movimentos Religiosos e Espiritualidades Alternativas (NMR/EA) que teve lugar na “London School of Economics”, numa organização do CESNUR (dirigido pelo Dr. Massimo Introvigne) e do INFORM (presidido pela Profª. Eileen Barker).  Apresentou também uma comunicação e moderou uma mesa no Congresso Internacional do CESNUR “Changing Gods: between religion and everyday life” que vai ter lugar em Torino (9-11 de Setembro de 2010) na Faculdade de Sociologia da Universidade local – ver www.cesnur.org.
Doutorou-se em Antropologia Social e Cultural (na área de Antropologia da Religião e dos Novos Movimentos Religiosos) na FCSH/UNL, em Abril de 2009 tendo sido aprovado por unanimidade e obtido do Juri a classificação de Muito Bom com Distinção e Louvor. Realizou em Junho de 2009 uma Conferência sobre o tema da sua Tese de Doutoramento na Universidade Popular de Bucareste.
Tem organizado colóquios internacionais sobre o Esoterismo de Fernando Pessoa e as suas relações com Aleister Crowley na C.M. Cascais (Junho de 2000) e na Casa Fernando Pessoa (Abril de 2009). É autor e co-autor de cerca de 30 livros. De entre as suas obras destacam-se os livros “Fernando Pessoa e os Mundos Esotéricos” (Ésquilo, 1ª. ed. 2005, 3ª. ed., 2008) e o mais recente “Um outro olhar – a face esotérica da cultiura portuguesa” (Ésquilo,  2008). Foi editada, em Maio de 2010, uma adaptação da sua tese de doutoramento com o títutlo “A Alquimia, os alquimistas contemporâneos e as novas espiritualidades” (Ésquilo, 2010). É ainda autor do livro “Os Jardins iniciáticos da Quinta da Regaleira” (Ésquilo, !ª. ed. 2004, 2ª. ed. 2007), sendo medalha de prata da C.M. Sintra devido a ter sido sua a inciativa de pedir ao IPPAR a classificação daquela Quinta como “imóvel de interesse público”.
É Presidente da Direcção (tendo sido seu co-fundador, em 2005), do OSCOT – Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo, depois de ter sido seu Vice-Presidente (na Presidência do Dr. Rui Pereira), Secretário-executivo (na Presidência do Gen. Garcia Leandro), e membro do seu Conselho Consultivo (na Presidência do Prof. Doutor Bacelar Gouveia). Co-organizou e apresentou uma comunicação no Congresso Internacional sobre Terrorismo organizado pelo OSCOT, em Maio de 2008, o qual teve lugar em Lisboa, na Reitoria da Universidade Nova de Lisboa. Esteve presente, como convidado e em representação do OSCOT, em Fevereiro de 2009, na Conferência “Transnational Terrorism, Security, and the Rule of Law” que se realizou na sede da Comissão Europeia em Bruxelas. Esteve ainda presente em 15 de Junho no “Joint Analysis Center” (NATO, AFRICOM ne EUCOM) de Molesworth (RAF), Inglaterra, onde fez uma conferência para os analistas das informações militares do J.A.C. sobre “Ameaças do Islamismo radical na África Lusófona”.
É Director, desde a sua fundação em 2006, da revista trimestral “Segurança e Defesa”, tendo sido membro da Comissão Organizadora e da Comissão Científica do “1º. Congresso Nacional de Segurança e Defesa” que teve lugar em Lisboa em 24 e 25 de Junho de 2010. Em 7 de Junho realizou uma conferência no Funchal sobre “Segurança e Defesa europeias”, a convite da Casa da Europa da Madeira.
Foi Arguente, em Julho de 2009, de uma Tese de Mestrado sobre Terrorismo, na Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa, no âmbito do curso co-organizado com o OSCOT (adiante referido), de outra ainda sobre Terrorismo, na Universidade Autónoma de Lisboa (Departamento de Relações Internacionais/Mestrado em Estudos da Paz e da Guerra), em Maio de 2010 e ainda de uma Tese de Mestrado sobre Psicologia do Terrorismo, em Junho de 2010 na Faculdade de Psicologia da Universidade Lusófona de Lisboa. Arguiu também uma Tese de Doutoramento em Sociologia da Cultura (Sociologia da Religião), em Fevereiro de 2010, na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.
Foi também  Docente, ao londo dos anos de, entre outros, cursos no Centro de Estudos Judiciários, no Instituto de Medicina Legal, no Instituto de Sociologia e Etnologia das Religiões (FCSH/UNL), no Centro Nacional de Cultura, na Casa Fernando Pessoa, no Curso de Promoção a Oficiais Superiores da GNR (no IESM), na Reitoria da Universidade de Lisboa e nos Cursos de Pósgraduação e Mestrado em “Estudos Avançados em Direito e Segurança” na Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa.
É Professor Auxiliar da Universidade Lusíada de Lisboa onde leciona as cadeiras de Organizações criminosas e de Terrorismo na Licenciatura em Políticas de Segurança.
É Professor Auxiliar Convidado no Instituto Superior de Ciências da Saúde “Egas Moniz” (Monte da Caparica), onde lecciona e é Regente da Cadeira de “Cena do Crime II” da Licenciatura em Ciências Forenses e Criminais. É membro dos Conselhos Científico e Pedagógico dessa mesma Licenciatura e da Comissão de Ética do mesmo Instituto.
É co-autor do livro “As teias do terror” (Ésquilo, 2006) e de cinco artigos sobre Violência e Terrorismo religiosos publicados no anuário Janus de 2007 (UAL/Público) dedicado ao tema “Religião e Política”.  É ainda autor de dois artigos sobre Jihadismo e Salafismo publicados na revista "Segurança e Defesa”, tendo apresentado Comunicações sobre estes temas em Colóquios organizados pela Associação de Comandos, pela Liga dos Combatentes, pela Sociedade de Geografia (Secção de Ciências Militares) e pela Associação dos Auditores dos Cursos de Defesa Nacional. Intervem regularmente, como comentador eventual, em diversos órgãos de informação (jornais, revistas, rádios e Tv) sobre temas de terrorismo, criminalidade organizada e violenta e grave, polícia científica e segurança interna.

Lisboa, Agosto de 2010